Idiota

29/04/2013

01/05
Influenciado pela fama do escritor, de conhecedor da alma humana, fico atento ao começar a ler O Idiota. E logo o primeiro diálogo e a sua prévia prometem, quando descreve os dois personagens principais a bordo de um vagão de trem, um deles com roupa inadequada para a baixa temperatura e o rosto quase azul de frio:

“…O vizinho de cabelos negros e sobrecasaca forrada observou tudo isso, em parte por falta do que fazer, e por fim perguntou co aquele risinho indelicado no qual às vezes se manifesta com tanta sem cerimônia e desdém a satisfação humana diante dos fracassos do próximo:
Está frio?”

A continuação da cena já me faz me identificar com o personagem principal:
“Começou a conversa. Era admirável a disposição que o jovem (…) revelava para responder a todas as perguntas do seu vizinho (…) sem qualquer desconfiança do absoluto desdém, da inconveniência e da futilidade de outras perguntas”

Pronto, de cara, me vi o idiota.

Vi também celebridades e leitores de Caras. Dizem que clássico é tudo que sobrevive ao tempo. Nada mais atual do que a descrição do terceiro personagem da cena, um funcionário público que sabia da vida de todo mundo com certa importância, definido sabe-tudo:

Sabe “onde serve fulano de tal, quais os seus conhecidos, quais são as suas posses, onde foi governador, com quem é casado, de quanto foi o dote que recebeu pela mulher, quem são seus primos de primeiro grau, e de segundo (…) Em sua maioria esses sabichões andam com os cotovelos esfarrapados e recebem vencimentos em torno de dezessete rublos por mês.
Fala também do prazer das “celebridades” com este tipo de gente: “As pessoas, de quem eles conhecem todos os segredos, naturalmente nem imaginam que interesses os guiam, mas, por outro lado, muitas delas se sentem positivamente confortadas com esse conhecimento, que se equipara a toda uma ciência, ganham auto-estima e até a suprema satisfação espiritual.”

Segue.

blah-cultural-O-Idiota-capa-livro-resolução-alta (800x524)

Visitamos os Pires ontem à tarde. Saí de lá com o livro debaixo do braço. Josias é assim. Quando morávamos na (re)pública casa do Garcia, Josias tinha todos os livros de Garcia Márquez. Tinha. Josias é assim.

– Resume aí, Josias.
– É um livro sobre um idiota. 

Parece uma resposta óbvia, mas não é.

Volto aqui a este coco pequeno quando terminar de ler, deus sabe quando. Possivelmente para dizer: É um livro sobre um idiota.

Ler pra mim é um desafio. Sempre largo o livro pelo caminho, termino poucos. Alguém já disse que é assim mesmo, a gente capta esta vida pelos fragmentos. Talvez seja esta a causa da minha superficialidade.

As crianças daqui de casa se divertem com um filme do Snoopy, no trecho em que  é colocada de forma engraçada esta dificuldade de leitura, especialmente dos clássicos russos.

(… a professora dá a tarefa de ler Guerra e Paz durante as férias. Durante o desenho inteiro, Charlie Brown carrega na mochila o colosso russo, pelo qual transitam 580 personagens. O livro era tão grande – e essa é a piada irresistível – que o personagem não conseguia evitar cair de costas, cedendo ao peso da mochila. Quando reclamou do número de páginas para o amigo Linus (o do cobertor), este, na mesma hora, disse que ele deveria se envergonhar. “Pense na mulher do autor, Charlie Brown, que teve de escrever à mão seis vezes o livro todo”. É um método diferente de incentivar a leitura do clássico sobre a insignificância do indivíduo na História: através da culpa.  ttp://www.gazetadopovo.com.br/blog/livros/?mes=201011).

Com culpa ou sem culpa, vou tentar mais uma vez. E tenho o incentivo da boa tradução de Paulo Bezerra.

Foto: http://bit.ly/ZJyp8m

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=4758879966681&set=a.1137311949744.2020128.1135737937&type=1

Atualizado em  08 de janeiro de 2017:

Versão em russo: http://www.ilibrary.ru/text/94/p.1/index.html

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: