Arquivo mensal: abril 2015

Espelho

Coloco a conversa em dia com a mãe, sobre minha geração, em Conquista.
Como está fulano?
Cortou as pernas, diabetes.
E sicrano?
Teve derrame.
Conversa vai, vem.
E beltrano, mãe?
Morreu de câncer, na barriga, menino novo.
Quer um pedaço de bolo?
Não, menti.
Fui à cozinha, cortei dois limões e tomei com água.

face

Anúncios