Pré Carnaval?

Nada mais enganador. O que houve ontem em Ondina foi um domigo de Carnaval, com direto a sensação de sobrevivente no final. E a todas as marcas de sujeira e pisadas do percurso feito duas vezes no contrafluxo, com Leo Santana no meio do caminho, para ter direito  a Armandinho DodÔ e Osmar e Baiana System no mesmo combo.

E quem já pulou nos encontros de trios na década de 70 e inventa entrar na muvuca da Baiana sabe que a única diferença no Déjà vu é a pressão e temperatura ampliada dez vezes, sem direito a ficar parado na hora do Playson, Playson.

Ou sobe ou sobe junto com a turba.

E no meio do calor, da agonia feliz, encontramos quem? A filha.
O CarnAval tem tambÉm a qualidade de misturar o tempo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s