Archive for the 'aniversário' Category

Me achando, na fila do acarajé.

10/03/2017

Quem é você na fila do pão? já tentei responder esta questão social-filosófico-existencialista, muito em voga nestas redes antissociais e de tretas homéricas, e me apertei.

Não é fácil definir nosso lugar. Não é pra qualquer um se sentir bem colocado também entre os orixás do dique, no jogo do bicho ou na fila do SUS.

Mas no meu aniversário eu poderia dizer que fiquei importante e encontrei meu lugar. E me achei na minha fila, vamos chamar de fila do acarajé, só para variar ainda mais e abaianar. Devo este meu dia de localização em grande parte ao robô do facebook, encarregado de lembrar a data.

Depois do café da manhã da renca, dos telefonemas da família e amigos e os abraços dos colegas de trabalho, a  fila cresceu aqui na telinha azul.  Amigos antigos, amigos  recentes, próximos, distantes, amigos apenas de facebook, fizeram um  belo coro de feliz aniversário.

Então eu fiquei todo pimpão. E até agora estou me achando o bem amado na fila do acarajé.

14

31/10/2015

Meu Deco faz 14 hoje. Maior do que eu, garoto bonito e muito na dele. Parabéns, filho!

20

28/09/2015

Dedico esta página musical a minha Luísa que a partir de agora cabe inteirinha na canção.

54

09/03/2015

1961, 1962, 1963, 1964, 1965, 1966, 1967, 1968, 1969, 1970, 1971, 1972, 1973, 1974, 1975, 1976, 1977, 1978, 1979, 1980, 1981, 1982, 1983, 1984, 1985, 1986, 1987, 1988, 1990, 1991, 1992, 1993, 1994, 1995, 1996, 1997, 1998, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015…

Visto assim, em números, é bastante.

10

15/02/2015

20150215_065813

O dia de Irismar Reis

06/01/2015

Assim como as cartas de amor, os posts confessionais são ridículos. Especialmente com o passar do tempo. Mas como bem acusou o poeta, posso revidar e chamar de ridiculo que nunca os cometeu. Invoco também Nego e Pierre Onassis e autorizo: pode falar, pode rir de mim.

Segue então, texto escrito há sete anos, num dia como hoje, de Reis. Talvez não hoje não o escrevesse com estas palavras, mas dele não retiro uma vírgula do sentimento.

Hoje é dia do Santo Reis

E do aniversário de Irismar Reis de Oliveira, uma das pessoas mais importantes da minha vida. Tia Maria foi advertida pela professora que aquele garoto calado e distraído tinha algum problema. Hoje, tia conta esta história com o orgulho de mãe coruja elevada à décima potência como ela sempre foi. De fato, o menino era especial e se tornou também um adulto especial. Virou médico, mestre, doutor, professor livre docente, ganhou o mundo e  e continua um garoto distraído e sangue bom.
– Vamos Marcus, levanta!
Era uma ordem firme e carinhosa para me tirar  da prostração, do buraco existencial de uma bruta depressão em que me meti quando tinha 20 e tantos anos e que de lá não sairia não fosse a sua ajuda. Além de me acompanhar em todo o tratamento, ele saía da sua casa na Federação e ia até o Garcia me arrancar da cama, levar para andar na Barra, devolver em casa para só então seguir sua rotina na universidade.
O que dizer a um cara desses hoje e sempre?
Parabéns! E, mais uma vez, obrigado!

Seu filho, 13.

31/10/2014

Sai oficialmente da infância hoje, embora há algum tempo já ostente corpo, jeito, cara de adolescente.

Seu filho detesta exposição na internet e proíbe seu pai de tirar fotos. Publicar, nem pensar. Seu filho surpreende seu pai, não sua mãe que o conhece muito mais e está sempre elogiando suas qualidades, embora jogue duríssimo com as notas da escola. Outro dia seu pai precisou usar o computador de seu filho e tomou um susto. Ali na arrumação da tela, na escolha dos programas, na forma de se relacionar com a máquina estava uma pessoa desconhecida, e muito, muito especial, como todo filho.

Seu pai não presta, é um péssimo pai. Mas ama seu filho. Sabe disso.

Se você chegou até aqui e aguentou esta confusão, explico. André quando aprendeu a falar deduziu o seguinte. Se todo mundo dizia pra ele seu pai isso sua mãe aquilo, ele começou a me chamar de seu pai e a Soraya de sua mãe.

Parabéns, meu filho.

 

 

.

28/09/2014

10675744_10202661719199320_7138251672282331176_n

Fui em busca da filha e encontrei um olhar. Encontrei o tempo.
Parabéns  Luísa, pela imagem, por seu 28 de setembro.
Que seu tempo não voe, plane.

André

31/10/2013

andré

Meu André, que não autoriza nem biografia nem imagens, completa 12 hoje.
Parabéns, meu filho.

 

 

https://www.facebook.com/gusmaomarcus/posts/10200771453985451

Tartaruga ao mar

29/09/2013

DSC08641

Nossa primeira tartaruguinha fez 18 anos ontem. Foi lançada ao mar. Agora é com ela. Enchi a cara, pateticamente bêbado e feliz por nossa primeira tartaruguinha  lançada ao mar. Que não tá pra peixe, quanto mais para tartaruguinhas. Mas agora é com ela e com o mar. A avó trouxe do interior memórias. Um dos primeiros pares de sapato, uma cadeirinha de madeira comprada numa viagem de trabalho.

 

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10200593185048839&set=a.1137311949744.2020128.1135737937&type=1

52

10/03/2013

DSC05592

A melhor tradição daqui de casa é o café da manhã na cama nos dias de aniversário. Chova ou faça sol no clima familiar ou conjugal, o café na cama é de lei.

Devo a Neyde Lantyer um texto sobre fotos de família, já fiz a abertura deste texto na cabeça e ele começa assim: quero morar nas minhas fotos de família. E nas dos outros também.

A foto de família apazígua, traz todo mundo pra junto um do outro, revela quase sempre o lado bom e pacífico da convivência nem sempre tão pacífica.

Pena que estas fotos de café sejam intimas demais, exibam  corpos descabelados e seminus, camas desfeitas. Elas formam um belo registro dos anos.

Aos 52, completados ontem, contabilizo como principal ganho esta renca, parcialmente mostrada na foto. 

E como principais defeitos a postergação e procrastinação. Melhor providenciar, hoje, o texto atrasado. 

 

https://www.facebook.com/gusmaomarcus/posts/466181090118704

Stael

01/03/2013

549358_4485102202408_1060600037_n

Parabéns, mana.
Parece que foi ontem.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=4485102202408&set=p.4485102202408&type=1&theater

Maria, 8 anos

01/02/2013

DSC05533 - Cópia

Equipamento de lazer

02/11/2012

Equipamento de lazer

Depois de longa negociação, aceitamos cinco. A proposta inicial nossa eram três. André queria trazer os amigos para passar a tarde com ele no dia do aniversário. Fiquei apreensivo, nosso prédio não tem um, sequer um, equipamento de lazer, tem na verdade um play “grade”, um vão até as escadas. E só. Dei duas viagens e trouxe ainda de quebra uma convidada de Maria. E agora? Estava preparado para administrar o tédio, lembrei do recurso de Clímaco, de entrar na brincadeira, mas fui expulso. Subi, e de cá de cima ouvi durante horas a algazarra dos gritos e corre-corre. Subiram imundos e suados. Cheguei então à conclusão óbvia e por demais conhecida: o melhor equipamento de lazer para criança é outra criança. Para o resto da vida.

Equipamento de lazer

02/11/2012

Depois de longa negociação, aceitamos cinco. A proposta inicial nossa eram três. André queria trazer os amigos para passar a tarde com ele no dia do aniversário. Fiquei apreensivo, nosso prédio não tem um, sequer um, equipamento de lazer, tem na verdade um play “grade”, um vão até as escadas. E só. Dei duas viagens e trouxe ainda de quebra uma convidada de Maria. E agora? Estava preparado para administrar o tédio, lembrei do recurso de Clímaco, de entrar na brincadeira, mas fui expulso. Subi, e de cá de cima ouvi durante horas a algazarra dos gritos e corre-corre. Subiram imundos e suados. Cheguei então à conclusão óbvia e por demais conhecida: o melhor equipamento de lazer para criança é outra criança. Para o resto da vida.

 

https://www.facebook.com/gusmaomarcus/posts/3893562974297

11 anos

31/10/2012

Era uma madrugada como a de hoje, de lua cheia e céu limpo. Atravessamos a Paralela em disparada, eu com um olho na pista outro na lua, Soraya gemendo de dor. Mal chegamos no hospital ele nasceu. Hoje taí, compridão, lindo. Parabéns Soraya. Parabéns meu filho.

 

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=3883919893226&set=a.1137311949744.2020128.1135737937&type=1

17

28/09/2012

Ontem à tarde você tinha 16 e rimos desta cena juntos. Hoje você acorda com 17 e a vida segue.

Você mostrou, achou graça na situação. Especulamos sobre a tragédia refletida na solidão do bonequinho, seguindo pela vida com os braços estendidos para o nada.

Possivelmente anteontem vivia feliz rodando por aí, no fundo do carro branco, exibindo a felicidade familiar de mãos dadas.Não, não estávamos rindo da tragédia alheia, que isso é feio. Ríamos da nossa tragédia humana e universal do hoje, do amanhã, do com e do sem.Rimos juntos e compartilhamos nosso riso para estas coisas sem remédio da vida que segue.E este é o melhor presente.Parabéns, filha.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=3752478807281&set=a.1137311949744.2020128.1135737937&type=1

Soraya

11/07/2012

Talvez a pessoa mais difícil da gente definir depois de nós mesmos seja aquela mais próxima. Ou seja, quanto mais perto, mais difícil. Por isso me surpreendi quando ao postar uma foto de Soraya no facebook me vi dante da seguinte pergunta: quem é Soraya?

Pensei, pensei pensei e saí com essa: é a moça de camisa quadriculada da foto do cabeçalho desta página. Nosso primeiro beijo numa avenida em Feira de Santana, há quase 19 anos, resultou em parte desta multidão sobre o banco da foto.

Na foto, que reproduzo abaixo,  estão Luísa, André e Maria,  a multidão que Soraya nos deu depois daquele beijo numa avenida de Feira de Santana, quando em bando, com suas amigas,  flanávamos numa tarde de 14 de agosto de 1993, dia e noite em que nos conhecemos.

Soraya é esta menina assustada da foto, num 11 de julho como hoje, dia do seu primeiro aniversário.  Ela até hoje é assim, assustada com o mundo e talvez seja essa a sua maior qualidade. Soraya também não é fácil, e talvez seja esta uma das suas maiores qualidades. Soraya briga, luta e ama com a mesma valentia. Talvez esta seja uma das suas maiores qualidades.

Quem é Soraya? Soraya é este (meu) amor de menina bonita do laço de fita.

Qual o seu segredo?

Parabéns.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=3472184680103&set=a.1137311949744.2020128.1135737937&type=1

Quase

10/07/2012

Soraya, com quase um ano, num 11 de julho em Iaçu

Boqueirão

01/07/2012

Lá fomos a renca em direção a Divisópolis, cidade baianeira, metade baiana, metade mineira, onde meu pai comprou um pedaço de terra no final  da década de 70 e construiu uma casa no meio do boqueirão.

Imagine um funil. Eis um boqueirão. As vantagens são o silêncio, o frio e uma nascente. As desvantagens, a ausência de nascer e pôr do sol e uma ladeira de uns 60 graus, impossível de subir com carro pequeno nos dias de chuva.

De  vez em quando vamos lá, especialmente no aniversário da mãe, que neste São Pedro completou 82 anos.  Fomos pela Rodovia Santos Dumont, nome estranho que inventaram para a Rio Bahia. Quem nasceu numa cidade cortada pela Rio Bahia, quem saiu pequeno e volta sempre por esta estrada não se entende com este nome estranho, nome de aeroporto.

Um dia de ida um dia de volta na estrada, apenas duas noites e dois amanheceres  no boqueirão. Mas valeu a pena, valeu o risco, valeu o medo e as trezentos e cinquenta mil ultrapassagens de caminhão.

André, que não é muito chegado a foto,  pediu para fazer essa. Ele só saiu da Bahia quando era menor, para o Ceará e para estas mesmas Minas Gerais. Agora, ao tomou consciência das divisas, achou importante registrar a passagem.

A névoa no amanhecer, a marca registrada do boqueirão, na foto de Luísa.

Piaf escapa dos dos carinhos de Maria.

Passeio em direção à nascente. Onde era pasto a mata se regenera. Mas o rio que corria há 30 anos não existe mais.

Esta casa já recebeu mais gente no São Pedro.

Desta vez só a renca mais a vó Edith, tio Márcio e 0 cão Thaiti, natural do Morro de São Paulo e agora mineiro.

 

https://www.facebook.com/gusmaomarcus/media_set?set=a.3428885157642.2130202.1135737937&type=1&__rev=1024226

Dia de Antônio

13/06/2012

 

13 de junho de 1895. Como todo santo dia, nascia mais um menino Antônio no sertão. Parabéns pra ele junto com Nete Lima,Toni ZeVagner BomfimAngélica BomfimStela Figueiredo,Magda PescadoAinilson FreitasMércia Cristine Freitas e mais quase cinquenta primos que estão neste mundo graças também a ele.

No facebook.com: https://www.facebook.com/gusmaomarcus  em 13 de junho de 2012.


Eu penei. Se aqui cheguei…

09/03/2012

… melhor adicionar limão e açúcar.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2845334769247&set=a.1137311949744.2020128.1135737937&type=1

me faça sempre peregrino, Maria.

16/02/2012

Ontem Maria completou 7 anos de caçulice. No final da tarde, depois de um dia corrido e engarrafado, fomos todos para uma praça aqui perto e o acaso nos levou a terminar o dia numa pizzaria desconhecida por nós e na companhia de amigos encontrados casualmente na praça.

A menina  insistia em ir para uma pizzaria onde comemoramos outros aniversários, e que para ela era a melhor do mundo. Em fração de segundo,  convencida por um amigo de André,  mudou de opinião e o lugar mais bacana do mundo mudou de lugar.

Maria é assim. Intensa nas suas crenças, passa do choro e berros ao sorriso e fala mansa numa rapidez tão grande que sempre desconfio errado de fingimento.

Maria tem tudo para ser peregrina em vez de turista nesta vida. Tomara.

Esta história de peregrino e turista surgiu sábado,  quando comentei com Soraya sobre o meu encantamento com as pedras abauladas pelos pés das portas da básilica do Mosteiro de São Bento, sobre as marcas de joelhos no confessionário, sobre a atmosfera  daquele lugar de 430 anos.

Soraya então me elogiou de peregrino, porque eu havia transformado em viagem uma  ida à igreja como acompanhante da minha mãe, que na verdade queria ir para a Igreja de São Pedro, na Piedade, mas eu confundi os santos e fomos parar numa missa de formatura com direto a incenso e cantos dos monges beneditinos.

Soraya então explicou as diferenças entre peregrino e turista, como o desapego aos destinos carimbados e aos roteiros traçados torna o primeiro  uma criatura livre e o segundo um quase escravo. Mas, diante do meu espanto com a concordância do que ela dizia com o que sempre pensei, fez questão de lembrar que este papo é velho e que muitas pessoas já escreveram sobre isso. Talvez temesse que eu corresse praqui, para anunciar a minha descoberta da pólvora.

Mas voltando a Maria agora uma menina de 7 anos, no final de tarde ontem fomos todos peregrinos, Maria à frente, sem se importar em comemorar o aniversário na companha de amigos de Andŕe.

Resultado:  conhecemos um novo lugar que sempre esteve sob o nosso nariz, conversamos boas conversas voluntárias e casuais com os amigos, e o mais importante, Maria voltou feliz para casa.

Foto de Luísa, descolorida.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2729192425761&set=a.1137311949744.2020128.1135737937&type=1

Rio Azul, 18 anos

02/02/2012

Depois de uma saída de casa tumultuada, a renca atravessou um Rio Azul, ensolarado, ao som dos atabaques, dos carros de som, dos carrinhos de som, das bandinhas organizadas,  quase tudo azul e branco.

Não encontramos ninguém conhecido desta vez.

Compramos três rosas brancas e uma amarela na mão de uma baiana de vermelho e branco,  ao lado da barraca onde ofereciam água mineral de graça, junto com a mensagem do novo testamento: quem beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der será uma fonte a jorrar para a vida eterna” João 4:13 -14. Bebemos a água cristã e seguimos com as rosas para Yemanjá.

No caminho muitos, muitos lançam suas redes, tentando pescar infiéis. Leve desconfiança de que esta é uma solução inconsciente dos evangélicos para também participar da festa.

Flores agradecidas ao mar, enfrentamos espreme gato na contramão da fila dos presentes, mas encontramos abrigo e sombra próximo ao tabuleiro  da Cira,  onde um grupo rastafari dançava ao som do reggae.

Nesta parte os meninos, que até então não estavam viajando muito no programa,  se acalmaram com acarajé e refrigerante.

A festa são várias festas, os sons se misturam, as pessoas se misturam – pelo menos neste território público – e dois grandes fluxos se encontram como caminhos de formiga: os que chegam e os que já vão embora.

Tomamos a fila das formigas que dão adeus à festa ao meio-dia.

Não sei quais destas lembranças ficarão na cabeça das crianças nestas  seguidas imersões no Rio Azul e sonoro do 2 de fevereiro.

Talvez lembrarão do dia em que os pais, discretamente, comemoravam mais um ano de casamento.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2644307863700&set=a.1137311949744.2020128.1135737937&type=1

Imagem: daqui

O presente de André

31/10/2011

Acordo hoje de madrugada  atropelado pelo tempo. Na minha cabeça o mundo roda como aquelas bolas cheias de pontas destes jogos de televisão. Você tem que se livrar de uma ponta, dar um salto, se livrar da outra que já vem chegando, dar outro salto. O mundo o os prazos rodam na minha cabeça como estas bolas do  programa de televisão.

Perco quase todos os prazos e fico com a impressão de que o presente é muito curto, o presente não dá pro gasto, tudo é passado não resolvido e o futuro uma bola cheia de pontas do programa de televisão. Que derrubam.

Chego à conclusão de  que o presente não existe, mas meus conhecimentos de psicologia de botequim me dizem que é da natureza dos neuróticos não reconhecer o presente. Vivem angustiados com o passado ou sobressaltados com o futuro. Fudeu.

Acordo Soraya e faço a pergunta: quanto tempo dura o presente? ela me dá uma resposta convincente, mas que não me convence.

Mais tarde, no caminho da Escola de André, já atrasado, lanço a pergunta pro menino. Menino que fez 10 anos no dia 31 de outubro. Perdi o tempo de postar seu aniversário neste coco abandonado. Posto agora, dou uma banana pro tempo e faço de conta que hoje é 31 de outubro, que hoje é sábado passado, dia em que ele ficou bem feliz ao ganhar seu cordão amarelo

Pronto, faço destes dois momentos presentes. Agora.

E ganho de André a resposta, na lata, sem pensar muito. Resposta igual à de Soraya, só que resumida em uma só palavra.

O presente é…. infinito.

 

https://www.facebook.com/gusmaomarcus/posts/144985938942426

16

28/09/2011

Luísa completa 16 anos hoje. Roubo dela esta foto e desejo boa viagem.

 

https://www.facebook.com/gusmaomarcus/posts/200969923309982

Parabéns, Antônio

13/06/2011

Em 13 de Junho de 1895 nascia Antonio, meu avo que pouco conheci e o único que ainda vi. Mais sobre esta foto aqui.

 

E por falar em Antônio:

90

09/04/2011

Rubem Reis Almeida, o bisavô das crianças e avô de Soraya completa hoje 90 anos.  Daqui a pouco vamos ali em Iaçu dar um abraço no craque que em 1943 era um garoto que como muitos amava Carlos Galhardo, Orlando Silva, Francisco Alves.
Leia o resto deste post »

ЧРД

10/03/2011

Tive dois aniversários nesta quarta-feira de cinzas. Um em família, com um caruru preparado pela tia avó das crianças, em Feira de Santana, e outro na tela do computador. Neste segundo recebi até a mensagem ЧРД, ou feliz aniversário, em búlgaro.

Leia o resto deste post »

Repito: sim

02/02/2011


02 de fevereiro de 1994