Arquivo da categoria: Outros

Desenharam pra mim

Aos 17, desci de Conquista na boleia de um caminhão de carona, e de carona em carona conheci a parte antiga de Minas, subi pela Belém-Brasília num caminhão carregado de pneus de trator para a construção da usina de Tucuruí, entrei pelo Maranhão e desci pelo litoral. Conheci muito caminhoneiro, ouvi muitas histórias. Tenho um tio que foi assassinado ao volante de um caminhão, um primo que morreu num acidente, também ao volante, enfim, conheço um pouco essa realidade.

E ao ouvir muita baboseira sobre o que está acontecendo, finalmente encontrei em dois vídeos as versões que resumem quase toda a ópera. A de um caminhoneiro, que de quebra dá uns cascudos na mídia, e a de um estudioso do assunto. Dá gosto ouvir quem vive uma realidade e quem entende do recado.

 

 

 

 

 

Anúncios

Notícias

Uma alegria sem motivo, inexplicável mesmo, sobe e irradia pelo peito. Uma, duas, três vezes. Para no sinal e quase liga o rádio. Pra que estragar com notícias?
Melhor observar as pessoas na faixa, de modelos variados, arrumadinhas, a caminho da manhã molhada de abril.

Tempo

A morte matada de  Marielle Castro, de 38 anos,  me pegou no meio do filme sobre  Stephen Hawking, no dia da sua morte morrida aos 76.
Desde então fiquei meio que paralisado e, depois de acordar de mais uma noite mal dormida, me veio a pergunta essencial, guardadas todas as gigantescas proporções: o que estou fazendo desta minha vida neste tempo que me resta?