Arquivo da tag: lançamento

“… a mim que chegava, que sempre chegava, filho que era.”

o espiritismo nilson.jpg

Sertão, relação pai filho. Tempo. E a palavra sempre. A poesia de Nilson bate, bate bem colocada nos sentimentos porque é cotidiano, tem raiz  sertaneja, é universal. E surge assim aparentemente do nada, de fatos aparentemente banais.

Contei a Nilson sobre o impacto que senti ao ver no google street a imagem de nosso Rubem Reis, bisavô das crianças, avô de Soraya, depois de morto, na varanda da casa em Iaçu. Tempos depois ele relata em poesia o que havia sentido ao buscar também Pedro, seu pai.

E acabamos eu e seu Rubem citados na poesia de Nilson. Isso pra mim é honra e alegria.

O poeta vai colocando quase tudo que vê pela frente na sua poesia. Coisas aparentemente banais, outras nem tanto, e aí cabe ao cristão entender as referências. Confesso que não entendo muitas, mas como disse o padre Antônio Vieira, as palavras, o estilo, devem ser como as estrelas, distintas, claras e altíssimas. E eu vejo assim o texto de Nilson “…tão claro que o entendam os que não sabem e tão alto que tenham muito o que entender os que sabem”

O que eu havia sentido ao ver a imagem de seu Rubem no google estava ali traduzido nas palavras de Nilson, e também o que eu sentia ao ver meu pai na janela acenando quando eu voltava pra Salvador depois das férias em Conquista, estava tudo ali, nas palavras do poeta.

E assim, a conversa aparentemente banal virou poesia, a poesia virou título de livro e agora vamos ali no Icba ganhar autógrafo. E celebrar a poesia. E a memória.

 

 

Anúncios

Convite

Há mais ou menos quatro meses, meu amigo-irmão Josias Pires me chamou  para criar um site de notícias.

Mais um site de notícias? São tantos os sites de notícias, mais um que diferença vai fazer? Recusei.

Mas não seria mais um site de notícias, argumentou ele. Seria opinativo, teria a participação das pessoas, traria assuntos interessantes, novos pontos de vista. Recusei.

Passados uns dias,  acordei com o sim na cabeça e liguei entusiasmado para Josias. Aceito.

De lá pra cá foi um torvelinho. Entrei na febre do encutimento. Soraya, que a princípio também não aprovou, acabou cedendo e já comprou a ideia. Concinha, mulher de Josias, comprou desde o início. Pronto, as duas a favor,  o que mais poderia dar errado?

Até agora nada. Tudo tem andado, se multiplicado de uma forma bem bacana. Os amigos ajudam com ideias e dicas, as pessoas comentam, os colunistas dão um banho, com textos fantásticos, e as entrevistas se firmam como ponte forte do site.

O estágio atual do piloto, na forma de blog,  você pode ver aqui: www.blogbahianarede.wordpress.com

Mas chegou a hora de dar o passo decisivo. Nossa primeira parceira profissional é a designer gráfica Valentina Garcia, que está constuíndo a cara do site, em WordPress.  E está ficando bem bacana.

Nossa prmeira parceria promocional é com a Cadena Produções Circenses, de Robson Mol e a Cia Luana Serrat. A produção  cedeu 250 lugares  para o lançamento do site na abertura do espetáculo Moças Aéreas do dia 23 de julho, no Circo Picolino.

Então está feito o convite: dia 23 de julho, um sábado, às 19h45min no Circo Picolino, lançamento do http://www.bahianarede.com

Para confirmar presença, você pode deixar um comentário com seu nome lá no http://blogbahianarede.wordpress.com/2011/06/21/convite/ ,  aqui na caixa de coementários deste Licuri ou ainda enviar um e-mail para gusmaomarcus@gmail.com

Esperamos você.